Ansiedade & Estresse e Suplementação

15 fev Ansiedade & Estresse e Suplementação

Ansiedade em seus vários tipos  pertencem a categorias de transtornos mentais, com sentimentos concomitantes de: medo, culpa, frustração e outros.

Ansiedade – A preocupação em relação ao futuro é característica comum da ansiedade. O medo é uma reação a eventos atuais, a culpa e frustração em relação a eventos do passado. Outros tipos podem surgir como: – fobia específica, – -agorafobia, – pânico, entre outros. Estes sentimentos podem causar sintomas , tais como: dificuldades de concentração e memória, taquicardia e tremores. Qualquer um desses sintomas podem ser causadas pela depressão ou ansiedade: – Encontrar pouco interesse ou prazer em fazer as coisas, – Dificuldade em adormecer ou ficar acordado, – Sentir-se melancólico ou sem esperança, – Falta de apetite ou excesso de, – Pensamentos ou comportamentos repetitivos, – Ter dificuldade de concentração , – Sentir-se cansado ou ter pouca energia, – Estar muitas vezes tenso e ansioso, – Pensamentos excessivamente acelerados, ou preocupantes , – Experimentar ataques de pânico, – Estar excessivamente com medo de uma situação ou objeto específico. 

Além de se concentrar numa área cerebral específica, cada Neurotransmissor modula a ansiedade de diversas formas: – Adrenalina : Luta ou fuga – Noradrenalina: concentração – Dpamina: Prazer – Serotonina : Humor – GABA : Calmante – Acetilcholina : Aprendizado – Glutamato : Memoria – Endorfinas: Euforia. 

”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”Ansiedade” /> Ansiedade

Dos vários tipos de Ansiedade, cada qual relaciona-se a um determinado desequlíbrio bioquímico-molecular: – Serotonina: Baixos níveis de serotonina estão ligados a um tipo depressivo e com compulsões. – Hormonios da tiróide em excesso: relacionam-se com o desenvolvimento do tipo grave e até com ataques de pânico. –  GABA, por deficiência : tipo com instabilidade e preocupação Adrenalina / noradrenalina, por excesso : tipo com agitação e nervosismo Endorfinas, por deficiência : tipo com tensão e compulsão Dopamina, por deficiência : tipo social com falta de motivação e coragem . Na realidade, quase todos os hormônios e cada neurotransmissor podem causar ansiedade, simplesmente porque  ela é muitas vezes um sinal de alerta que seu cérebro informa de que algo está em desequilíbrio.

 

A ação da ansiedade nem sempre é maléfica, pois permite sairmos da zona de conforto. Mas, quando em excesso faz evoluirmos ao estresse, ou ainda ao pânico. Quanto menos fatores defensivos, piores as consequências. Justamente são os fatores defensivos que mais acabam surgindo com o tratamento que visa corrigir as alterações bioquímico-moleculares.”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”Ansiedade” /> Ansiedade Estresse zonas

                                                                                                                                

Quando faltam os fatores de estabilização psíquico-emocional, há a tandência para evoluir a níveis de ansiedade cada vez maiores e qualquer mudança gera insegurança, que por sua vez gera mais estreesse e por sua vez ainda mais agitação, se não houver a devida correção.

 

Em um estudo clássico, Dr. Masaru Emoto descobriu que a água que é submetida a pensamentos positivos formam belos cristais (a Direita), enquanto a água exposta a pensamentos negativos não formam cristais ou formam cristais deformados (Esquerda). Ele concluiu que os nossos pensamentos tem um impacto direto sobre a água. Sabendo que mais de 70% do nosso organismo é constituído de água, imaginem então a quantia de interferências que produzimos em nossos organismos a cada instante em função dos nossos pensamentos. Graças a precisa formulação de acordo com a clínica e exames complementares, com base em suplementos, ervas, homeopatias corroborados pela bioressonância, facilita-se o adentrar em estados contemplativos e meditativos, em oposição a Ansiedade. 

Terapia com Suplementos à Ansiedade: indicados a partir de dados obtidos pela clínica, exames complementares e corroborados pela bioressonância.
Aqui apenas alguns exemplos: Em relação a interação entre suplementos e metabolismo cerebral constatamos haver as seguintes substâncias que podem tratar a Ansiedade:
– Vitamina B3 (niacina ou niacinamida)
– Vitamina B6 (piridoxina)
– Vitamina C
– Vitamina B12 (cobalamina), e
– Demais vitaminas do complexo B
– Omega-3 Essencial deficiência de ácidos graxos.
– GABA
– 5-HTP
– Theanina
– D L
– Fenilalanina
– Cromo,
– Manganês,
– Selênio e
– Zinco
Distúrbios minerais por Excessos, que são passíveis de eliminação:
– alumínio,
– chumbo,
– mercúrio,
– cádmio,
– flúorv Ocasionando alergias cerebrais
– Comida (frituras)
– Glúten
– Inalantes
– Aditivos alimentares.

 

Demais Tratamentos (Técnicas complementares): Existem inúmeros relatos clínicos e dados científicos de melhora da evolução de quadros de ansiedade e estresse, através da associação da homeopatia e acupuntura, devendo ser usadas somente sob a supervisão. Entre outras podemos citar: Camomila, Lavanda, Chá verde, Lúpulo, alcachofra, Valeriana, Menta, Passiflora, Kava-kava. Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo incluir o eletro-escaneamento, microscopia e a bioressonância, para termos certeza das melhores opções terapêuticas. E também sem nos esquecermos dos fatores predisponentes, ou desencadeantes que levaram a este quadro clínico, o que pode requerer o acompanhamento de demais especialistas.

Agende uma consulta!

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 3889-0273/5549-7651 ou se preferir, mande um e-mail para clement.hajian@gmail.com
                                                                     

 
”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”Ansiedade” /> Ansiedade old-town-on-222700075

Referências ao tratamento da ansiedade:http://orthomolecular.org/nutrients/proteins.shtml –                       http://orthomolecular.org/nutrients/micronutrients.shtml – http://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2002/02/02/disorders.aspx – http://www.calmclinic.com/anxiety/biochemistry-of-anxiety – https://en.wikipedia.org/wiki/Anxiety – http://orthomolecular.org/library/jom/2006/pdf/2006-v21n04-p205.pdf – http://orthomolecular.org/nutrients/vitamins.shtml Acessados em 14-2-2016 às 16:00hs

 
Sem Comentários

Deixe um Comentário