Asma

27 ago Asma

ASMA : Novos estudos sugerem que ela pode ter um tratamento natural, baseado em suplementos, ervas, exercícios simples, e alimentos. 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”Asma” />Asma asthma-girl-

Asma , quais fatores envolvidos à ela?

Ela é causada por uma combinação de fatores genéticos (passíveis de melhora por suplementos de atuação epigenética) e ambientais. Seu diagnóstico é geralmente baseado no padrão dos sintomas .
Clinicamente é classificada de acordo com a frequência dos sintomas , volume expiratório forçado no primeiro segundo (FEV1) e taxa de pico de fluxo expiratório.
Pode também ser classificada como atópica (extrínseca) ou não-atópica (intrínseco) , onde atopia refere-se a uma predisposição para o desenvolvimento de reações de hipersensibilidade – tipo 1.

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”asma”/>asma

Quais os sintomas habituais?

Sintomas, comuns são:
Sibilos
Aperto no peito
Falta de ar e Tosse crônica.
Apesar da melhora com determinados suplementos / alimentos, quando os cientistas trataram pacientes asmáticos com os componentes individuais de suplementos / alimentos, o efeito foi maior, pois o fundamental é saber exatamente qual a resposta individual de cada um.
É isto o que é detectável com a bio-ressonância: quais alimentos e suplementos ideais a cada um !

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”asma”/>asma

Como reagem os pulmões na pessoa com Asma?

Figura da esquerda mostra uma secção transversal de uma via aérea normal. A figura da direita mostra uma secção transversal de uma via aérea durante os sintomas.

                                                                                           
<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”asma”/>asma

Mas outras condições podem causar sintomas similares?

Diagnóstico diferencial: Muitas outras condições podem causar sintomas similares aos da asma. Em crianças, outras doenças das vias aéreas superiores, como rinite alérgica e sinusite devem ser considerados, bem como outras causas de obstrução das vias aéreas, incluindo:. Aspiração de corpo estranho, estenose traqueal ou laringotraqueomalácia, anéis vasculares, aumento dos gânglios linfáticos ou massas cervicais , bronquiolite e outras infecções virais também podem produzir respiração ofegante. Em adultos, DPOC, insuficiência cardíaca congestiva, massas das vias aéreas, bem como tosse induzida por drogas devido a inibidores da ECA deve ser considerados.

                                                             

Cite alguns Exemplos da Terapia com Suplementos:

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”asma”/>asma

Indicados de acordo com a avaliação clinica de cada caso e com confirmação laboratorial e ainda corroborados com a bio-ressonância para sabermos qual a opção certa em cada caso, aqui apenas alguns exemplos:
-Vitamina C: ( antioxidante potente ),
-Vitamina E: Níveis mais elevados de vitamina E são associados com: -menor sensibilização da pele, a níveis mais baixos de IgE -menor inflamação, de acordo com a patofisiologia, da asma.
-Vitamina A e Beta-caroteno: Como as outras vitaminas discutidas, são pensados tendo propriedades antioxidantes que podem melhorar a inflamação.
-Zinco: Baixos níveis de zinco e vit. D foram encontrados em pacientes com asma e zinco deficiente está associada com a inflamação.

Demais Tratamentos (Técnicas complementares):

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”asma”/>asma

Existem inúmeros relatos clínicos e dados científicos de melhora da evolução dos Quadros de asma através da associação da homeopatia e acupuntura, devendo ser usadas somente sob a supervisão, e/ou consulta de um profissional de saúde qualificado.
Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo incluir o eletro-escaneamento, microscopia e a bio-ressonância, para termos certeza das melhores opções terapêuticas.
E também sem nos esquecermos dos fatores predisponentes, ou desencadeantes que levaram a este quadro clínico, o que pode requerer o acompanhamento de especialistas.
 Assim como em qualquer doença crônica vale a pena lembrar a importância de cuidarmos do Sono, da Alimentação, da Atividade Física, dos Fatores pH, do Eixo e mesmo da Sexualidade.

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”asma”/>asma

Flavonas e flavonóides são compostos antioxidantes encontrados em alimentos como frutas cítricas, chá, vinho tinto, chocolate escuro entre outros.
Estes compostos favorecem a estabilização de mastócitos, um tipo de célula proeminente na patofisiologia.
Minerais tal como acontece com outros antioxidantes, estudos transversais têm identificado baixos níveis de selênio em pacientes com asma em comparação com os não-asmáticos.
Magnésio: O magnésio é um broncodilatador que tem sido utilizado no tratamento da asma aguda. Ácidos graxos, tais como ácidos omega-3 ácidos e poliinsaturados a partir de óleos de peixe, são pensados para estabilizar as membranas celulares e proporcionar a inibição dos leucotrienos.
Vitamina C: ( antioxidante potente ), encontrada nos alimentos:
-brócolis,
– pimentões,
– laranjas,
-morangos,
-limões,
-kiwi,
-cajú, entre outros.

 

Agende uma consulta!

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 3889-0273/5549-7651 ou se preferir, mande um e-mail para clement.hajian@gmail.com

 
Sem Comentários

Deixe um Comentário