Câncer de Mamas: Obrigações para prevenção e tratamento

15 maio Câncer de Mamas: Obrigações para prevenção e tratamento

Câncer de Mamas: Obrigações para prevenção e tratamento

<img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”MAMAS” />MAMAS

Mamas Câncer : sintomas e fatores de risco
Além de medidas gerais para prevenção do câncer de mamas, como: Evitar desodorantes com alumínio, antiperspirantes e parabenos Evitar sutiãs sintéticos, ou apertados Evitar leite e carnes vermelha e de porco Devemos atentar para: Uma dieta saudável, exercício físico regular, exposição solar adequada ou suplementos orais para otimizar seus níveis de vitaminaD, e um meio eficaz de gerir a sua saúde emocional são os pilares de praticamente qualquer programa de prevenção de câncer, incluindo câncer demama. A atividade física regular tem sido demostrada em diminuir a probabilidade de desenvolver câncer de mama, bem como diminuir suas chances de morrer subitamente em 50 por cento. 

 

<img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”mamas” />mamas

Também é importante tomar cuidado com os níveis de ferro excessivos. A melhor maneira de monitorar o seu ferro é ter o seu nível de ferritina calculado. A ferritina é a proteína de transporte de ferro e não deve ser superior a 80. Se no seu caso estiver elevada, você pode reduzi-lo simplesmente doando seu sangue.
As seguintes estratégias de estilo de vida vão ajudá-lo a reduzir ainda mais o risco de câncer de mama: Vitamina D: Se você tem câncer, o seu nível de vitamina D deve estar entre 70 e 100 ng / ml. A vitamina D trabalha em sinergia com cada tratamento do câncer sem efeitos adversos. Há evidências de que a vitamina A também possa ter um papel na prevenção do câncer de mama.

 

<img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”mamas” />mamas

A melhor forma para repor seria comer legumes alaranjados (para a vitamina A) e por expor sua pele ao sol todos os dias (para a vitamina D). Evite a carne grelhada, alimentos muito fritos, ou assados, pois estão associadas ao aumento do risco de câncer de mama, entre outros pela presença de Acrilamida. Evite produtos de soja fermentados. Soja não fermentada é rica em estrógenos vegetais, ou fitoestrógenos, também conhecidos como isoflavonas. Melhorar a sensibilidade à insulina. A melhor maneira de fazer isso é com exercícios e uma dieta composta por alimentos adequados ao seu organismo, por exemplo detectáveis pela bio-ressonância. Mantenha um peso corporal saudável.Isso virá naturalmente quando você começar a comer corretamente e com exercícios. É importante perder o excesso de gordura corporal porque a gordura produz estrogênio.

 

Desenvolvimento do câncer de mama

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”MAMAS” />MAMAS

 

Tipos de Câncer de Mamas

<img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”mamas” />mamas

 

Terapia com Suplementos:

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”Mamas”/Mamas

Ingira omega-3 de qualidade.
Deficiência de Omega-3 é um fator subjacente comum para o câncer.
Curcumina: Em concentrações elevadas pode ser muito útil no tratamento de câncer da mama.
Evite consumir álcool, ou pelo menos limitar suas bebidas alcoólicas a um por dia.
No Pós -parto a amamentação deve ser exclusivamente materna até os seis meses.
Evite campos eletromagnéticos, tanto quanto possível. Mesmo cobertores elétricos podem aumentar o risco de câncer.
A seguir está uma lista de vários fatores que foram cientificamente encontrados para impactar o câncer de mama, de uma forma ou de outra:
A depressão pode influenciar na sobrevivência ao câncer de mama. SSRIs (uma categoria de drogas antidepressivas), como sertralina, estão associados ao aumento do risco de câncer de mama. A CoQ10 parece ser uma ferramenta útil. 

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”Mamas”/Mamas

A artemisinina (um composto de artemísia) tem sido demonstrada ser tóxicos para as células do câncer de mama humano.
Uma dieta rica em carboidratos pode aumentar o risco de câncer de mama.
Alimentos que têm uma base científica para combater o câncer de mama incluem algas, certos alimentos picantes, vegetais crucíferos (especialmente brócolis) e óleo de prímula, mas deve-se evitar a ingesta de leite.
A bio-ressonância ajuda a detectar os alimentos e suplementos corretos.
Muita luz à noite aumenta o câncer de mama pela melatonina inibida num estudo realizado pelo Instituto Nacional do Câncer Americano. (ACNI) As mulheres que tiveram um aborto são até duas vezes mais propensas a desenvolver câncer de mama, segundo um estudo britânico.

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”Mamas”/Mamas

Antes de tomar qualquer decisão sobre o tratamento e, definitivamente, antes de decidir fazer uma cirurgia ou quimioterapia, certifique-se se os resultados da biópsia foram revistos por um especialista de mama que seja conhecedor e experiente nesse campo.
Assim como em qualquer doença crônica vale a pena lembrar a importância de cuidarmos do Sono, da Alimentação, da Atividade Física, dos Fatores pH, do Eixo e mesmo da Sexualidade.

       

Demais Tratamentos (Técnicas Complementares):

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”Mamas”/Mamas

Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de:
-dados clínicos,
-anamnese completa,
-além de exames complementares, podendo incluir o:
-eletro-escaneamento
, -microscopia e a
-bio-ressonância, para termos certeza das melhores opções terapêuticas. A maioria de câncer de mamas é evitável.
-Mas se você for atingida com esse diagnóstico, não perca as esperanças!

    

Agende uma consulta!

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 3889-0273/5549-7651 ou
se preferir, mande um e-mail para clement.hajian@gmail.com

 

 

Sem Comentários

Deixe um Comentário