Lombalgia e a posturologia aliada a Suplementação

25 abr Lombalgia e a posturologia aliada a Suplementação

Lombalgia pode ocorrer por diversos tipos de acometimentos da coluna. Seja em decorrência dos desequilíbrios de vitaminas e minerais, ou posturais. 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”lombalgia”/lombalgia

Lombalgia :Entre as disposições que justificam a Lomblagia temos: Estenoses, Osteodistrofias Osteoporoses, Hernias, Espondilolistese Osteofitose (bico de papagaio). Além do fator bioquímico-molecular, a própria postura adotada normalmente, depende de uma série de fatores que interferem com a coluna.


<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”lombalgia”/lombalgia

Para prevenirmos a Lombalgia devemos cuidar também da postura. Para a postura correta existem 4 principais receptores posturais: pés, olhos, mandíbulas e pele. Cada segmento corporal responde melhor a um, ou outro receptor que por sua vez tem toda uma composição biomolecular a ser investigada e corrigida.


<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”lombalgia”/lombalgia

Óculos tipo varilux podem desencadear Lombalgia. Numerosos estudos neurocientíficos provam que o olho é um dos receptores mais importantes do sistema postural. A visão deficiente, ou deformante (produzida por multifocais), ou falta de convergência são fatores importante que ocasionam lombalgia por assimetrias posturais. Uma assimetria de músculos entre olho esquerdo e direito conduzirá a uma assimetria de tensão na coluna cervical como seu tom de repouso é dependente da tensão dos músculos oculomotores. Isso leva à restrição de movimento na coluna cervical e cervicalgia e lombalgia.

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”lombalgia”/lombalgia

Sistemas sensoriais fornecem informações para o corpo/mente sobre seu próprio estado e de seus arredores. A informação é transferida a partir dos receptores sensoriais para o SNC (sistema nervoso central), através de vias aferentes (nervo sensorial) . Em nível sensorial, o pé exemplifica-se como um (sola do pé) extero e proprioceptor corporal (músculos, tendões e articulações). Daí a importância da avaliação da deambulação (tipo de andar), para também evitarmos a lombalgia.

 

                     – APARELHO MANDUCATÓRIO:

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”lombalgia”/lombalgia

Lombalgia pode ocorrer por desajustes da ATM. ATM refere-se a Articulação Temporo-Mandibular é a articulação que fica ao centro do crânio na vista lateral. Qualquer desajuste do aparelho manducatório, ou da ATM, também pode ocasionar dores na coluna. Na perda de dentes ocorre a desestabilização da ATM, com consequências à postura e coluna.

 

 Terapia com Suplementos:

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”lombalgia”/lombalgia

Para Lombalgia a partir de dados obtidos pela clínica, exames complementares e corroborados pela bioressonância.
Aqui apenas alguns exemplos:
– Ácido Alfa Lipóico
– L-Isoleucina
– L-Leucina
– L-Valina
– MSM
– Vitamina B12
– Piridoxina
– NAC
– Ác. Fólico
– Luteína
– Colágenos vegetais
– Quercetina
– Glutamina
– Treonina
– Prolina
– Metilcolina
– Metionina
– Vits. C, D3, K2
– Quelatos de:
– Selênio,
– Zinco,
– Magnésio,
– Silício,
– Boro,
– Estrôncio,
– Cálcio,
– Manganês

 

 Demais Tratamentos (Técnicas complementares):

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”lombalgia”/lombalgia

Existem inúmeros relatos clínicos e dados científicos de melhora da evolução de Lombalgia, Hérnias de Disco e demais causas de dores na região da coluna, através da associação da homeopatia e acupuntura, entre outros Equisetum arvense, Rosmarinus of., Mandacaru, Emburana cearensis. Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo incluir o eletro-escaneamento, microscopia e a bioressonância, para termos certeza das melhores opções terapêuticas.

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”lombalgia”/lombalgia

E também sem nos esquecermos dos fatores predisponentes, ou desencadeantes que levaram a este quadro clínico, o que pode até requerer o acompanhamento de demais especialistas.
“O maior erro do homem é que ele se convenceu de que ele sabe tudo sobre o que na realidade ele não entende.” – Troy Stallman.
Assim como em qualquer doença crônica vale a pena lembrar a importância de cuidarmos do Sono, da Alimentação, da Atividade Física, dos Fatores pH, do Eixo e mesmo da Sexualidade.

 

Agende uma consulta!

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 3889-0273/5549-7651 ou se preferir, mande um e-mail para clement.hajian@gmail.com

 

 

 
 
Sem Comentários

Deixe um Comentário