Memória deficiente e seu tratamento

11 ago Memória deficiente e seu tratamento

Memória falha : Nossa memória depende de vários fatores. A começar pelo recebimento da informação, que naturalmente depende da nossa atenção. O córtex cerebral recebe uma nova informação sensorial, como aprender a dirigir, por exemplo. A partir disso, as sinapses formam conexões entre os neurônios de diferentes áreas do cérebro, havendo a codificação das informações. Com isso, haverá informações que serão descartadas, e outras mantidas por se relacionarem a padrões já existentes no cérebro. Caso não existam esses padrões e as informações forem de valor, ou prazerosas, então novos padrões de conexão passam a se estabelecer.

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”memória”/memória

Memória falha: Inúmeros fatores podem levar a perda de memória instantânea, mas se a condição for crônica, ou progressiva indica que certamente há uma deficiência a ser corrigida. É preciso passar por quatro etapas para completar o processo de memorização: atenção, compreensão, armazenamento e recuperação.
Sendo que a atenção está ligada diretamente a concentração, daí que é preciso se concentrar na informação recebida,
– A atenção melhora bem com a prática meditativa, segundo a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), esta é uma função diretamente relacionada ao coração (Shen)
– A compreensão depende da capacidade associativa que temos, o qual varia em função das nossas experiências presentes tanto ao nível mental, quanto supra-mental, uma função prioritária do coração (Shen) e do fígado (Gan), segundo a MTC

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”memória”/memória

– O armazenamento depende da disposição dos nossos órgãos internos, principalmente do Pâncreas (Pi) e Rins (Shin), segundo a MTC.
– A recuperação depende das associações estabelecidas juntamente com as informações importantes, quanto mais imagem caracterizável, ou caricatura houver, tanto melhor, bem como cor, cheiro, som, nome ou jeito característicos, ou caracterizáveis.
Quanto mais existir uma identidade, ou um reconhecimento para aquela informação já armazenada, tanto melhor.
– Compreender é muito mais difícil que decorar, por isso a compreensão precisa ser exercitada constantemente, dessa forma o armazenamento da informação passa a ser bem maior.
– Existem vários tipos de memória que podem ser separadas em dois grandes grupos:
– Memória Declarativa, chamada de explicita, havendo a busca consciente das informações, descritas por meio de palavras.

Por exemplo, quando aprendemos novos conceitos numa aula, ou em nossas atitudes do dia-dia.

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”memória”/memória

– Memória de Ação, ou de procedimentos, chamada de implícita, que é a memorização inconsciente e automática de reações reflexas e em parte emocionais e instintivas, com ações elaboradas.
-Por exemplo, ao dirigirmos (ou alguma atitude automatizada), enquanto damos atenção a um diálogo com um passageiro.
-A partir dos 50 anos, nossa capacidade de armazenar informações começa a sofrer um processo lento e gradativo de deterioração.
A partir dessa fase faz-se necessário evitar uma dieta rica em gorduras ruins e carnes em excesso, evitar o stress, com o seu risco inerente do cortisol elevado, e buscar diagnóstico, ou tratamento se houver suspeita, ou presença de doença cardiovascular.

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”memória”/memória

– O tratamento inclui uma dieta composta de: 15% de gorduras benéficas e suplementação com nutrientes específicos, como vitaminas do complexo B, Vitamina E, Ubiquinona, Ginkgo biloba, e Fosfatidilserina, entre outros, os quais confirmo todos através da biorressonância. Além disso: Aliviar estresse pela meditação e corrigir a causa, que muitas vezes reside na privação do sono. Evitar atitudes pró-envelhecimento como sedentarismo, Eventualmente uso de hormônios bioidênticos com dehidroepiandrosterona e/ou pregnenolona, se não houver meios de restabelecimento energético, o que é raro. Uma vez estabelecido o equilíbrio energético, é fundamental desenvolver a prática meditativa, o que leva a uma maior sabedoria e felicidade espiritual. – A privação, ou má qualidade do sono pode levar a falta de concentração e perda da memória também.

 

Terapia com Suplementos:

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”memória”/memória

Indicados de acordo com a avaliação clinica de cada caso e com confirmação laboratorial e ainda corroborados com a bio-ressonância para sabermos qual a opção certa em cada caso, aqui apenas mais alguns exemplos:
– Ácido fólico: 400-800 mcg
– B 12 mcg 500-1000 (de um modo preferido, metilo B12)
– B: 20-40 mg Há uma boa lógica em usar esses adicional nutrientes diários:
– Zinco: 10-15 mg
– TMG: 1000-2000 mg
– NAC: 500-1.000 mg
– Omega-3 os ácidos gordos essenciais (de peixe): 500-1000 mg de DHA
– Vit. C
– Vit. E
– Vit.s K2, D3
– Betaína
– Acetilcarnitina
– BCAA
– Treonina

Demais Tratamentos (Técnicas complementares):

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”memória”/memória

Existem inúmeros relatos clínicos e dados científicos de melhora da evolução de Memória Deficiente e seu Tratamento através da associação da homeopatia e acupuntura-ervas, devendo ser usadas somente sob a supervisão, e/ou consulta de um profissional de saúde qualificado.
Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo incluir o eletro-escaneamento, microscopia e a bio-ressonância, para termos certeza das melhores opções terapêuticas.
E também sem nos esquecermos dos fatores predisponentes, ou desencadeantes que levaram a este quadro clínico, o que pode requerer o acompanhamento de demais especialistas.
Assim como em qualquer doença crônica vale a pena lembrar a importância de cuidarmos do Sono, da Alimentação, da Atividade Física, dos Fatores pH, do Eixo e mesmo da Sexualidade.

                                                       

Agende uma consulta!

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 3889-0273/5549-7651 ou se preferir, mande um e-mail para clement.hajian@gmail.com

 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”memória”/>memória old-town-on-222700075

Referências:   
http://orthomolecular.org/nutrients/vitamins.shtml    
http://orthomolecular.org/nutrients/micronutrients.shtml
Khalsa DS.”Integrated medicine and the prevention and reversal of memory loss”. Altern Ther Health Med. 1998 Nov;4(6):38-43                                                                                  
http://www.foodforthebrain.org/media/229772/Holford.pdf                                                     –
http://orthomolecular.org/library/jom/1973/pdf/1973-v02n03-p084.pdf    
http://orthomolecular.org/nutrients/proteins.shtml          
http://orthomolecular.org/nutrients/fats.shtml                  
Acessados em 10-2-2016 às 1:52hs

 
 
Sem Comentários

Deixe um Comentário