Neuroplasticidade: Gerencie seu cérebro!!!

09 jul Neuroplasticidade: Gerencie seu cérebro!!!

Neuroplasticidade :  O cérebro ama as questões e vai procurar as respostas situando-se no foco que você se dedicar. 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”neuroplasticidade”/neuroplasticidade

Neuroplasticidade – Pela nossa educação e cultura somos orientados a usar somente o hemisfério executivo, deixando de lado nossas potencialidades
O resultante comportamento automático é desenvolvido ou alterado pelas neuro-escolhas que fizermos
O que significa gerir o seu próprio cérebro?
O campo da neuropsicologia está oferecendo agora uma resposta viável sobre o funcionamento interno do cérebro. Como tudo, ocorre quando sabemos como funciona o cérebro, a possibilidade de gerir o cérebro e as questões de como fazê-lo, estão relacionadas ao nosso querer e agir.

 
<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”neuroplasticidade”/neuroplasticidade

Neuroplasticidade : Estamos em um estado de constante mudança que pode acontecer por opção ou vai acontecer por acaso.
Qualquer coisa que você faça repetidamente irá ativar os neurônios em seu cérebro, o que torna esta ação mais provável de ser repetida no futuro. Neuroplasticidade, a adaptabilidade do cérebro, está a funcionar em todos os momentos. Você pode ter neuroplasticidade trabalhando para você, se você atingir o seu resultado, ou pode trabalhar contra você se você se permitir apenas reagir.

 
<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”neuroplasticidade”/neuroplasticidade

A desvantagem da neuroplasticidade é evidente na natureza insidiosa dos vícios. Hábitos que nos controlam começam sutilmente, escondem-se até que assumam o comando. A NASA certa vez fez um experimento de dar água a certos voluntários, mas adaptando eletrodos que simulavam álcool, após a 3ª dose de água estavam todos bêbados! Em estado hipnótico, uma pessoa pode não ter a mão queimada por água fervida, se convencida de que é água fria e ao contrário, ter a mão queimada com água fria se convencida de que será jogado água fervida.

 
<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”neuroplasticidade”/neuroplasticidade

Dependendo das nossas práticas e composição interna teremos condições à reforma interna
-Engajar-se em novos comportamentos para melhorar nossa saúde como o exercício regular irá levar a melhora do tônus muscular, função cardíaca, ossos mais fortes etc.
-Deixar de comer algo muito agradável, por exemplo salgadinhos, rico em glutamato que é neurotóxico e vicia, substituindo por algo menos prazeiroso, pode ser altamente compensador, na medida em que o sabor por outros alimentos mais saudáveis passam a prevalescer.
-Dar uma pausa no momento de grande excitação pode ser altamente vantajoso, justamente por permitir ao cérebro uma adaptação a níveis vibracionais mais elevados, de acordo com os preceitos da sexualidade tântrica-taoista.

 
<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”neuroplasticidade”/neuroplasticidade

– Meditar 15minutos pode resgatar até 2 horas de sono e muitos outros exemplos.
-Mude o seu foco. Como a tensão aumenta e você percebe um problema iminente em sua mente, mude seu foco a partir de uma posição reativa sobre o conflito a um foco na solução.
-Faça uma pergunta do tipo: Como você gostaria que isso funcionasse bem? O cérebro ama uma pergunta e vai procurar a resposta se você fornecer o foco. Todos os pensamentos produzidos, então, seguem um caminho diferente se você está procurando uma resposta nova e melhor para sua pergunta.

 
<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”neuroplasticidade”/neuroplasticidade

-Respire profunda e tranquilamente. À medida que você inspira e expira em um ritmo consistente, você vai notar a desaceleração da freqüência cardíaca, regulado para um estado mais calmo. Como o coração acelera automaticamente sob estresse, que afeta o sistema nervoso, ocorre um hiperfoco em você reagir ao problema ao invés de pensar numa solução.
-Faça uma escolha consciente. Relaxe os músculos, que espontaneamente estavam tensos em face do conflito ou perigo. Há uma maior criatividade e maior acesso a sua inteligência na paz.
-Lembre-se, você inventa sua própria vida. Quanto mais consciente você está dos resultados que você está criando, mais você pode conseguir a vida que você deseja.

 

Terapia com Suplementos:

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”neuroplasticidade”/neuroplasticidade

Indicados a partir de dados obtidos pela clínica, exames complementares e corroborados pela bio-ressonância. Aqui apenas alguns exemplos:
-Fenilalanina
-Tirosina
-Mucuna
-5-HTP
-Ômega 3
-Lecitina de soja
-BCAA
-Metil xantinas
-Ác, fólico
-B12
-B3
-Hypericum perfoliatum
-Raízes

 

Demais Tratamentos (Técnicas complementares):

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”neuroplasticidade”/neuroplasticidade

Existem inúmeros relatos clínicos e dados científicos de melhora da evolução de quadros de Neuroplasticidade através da associação da homeopatia e acupuntura, devendo ser usadas somente sob a supervisão, e/ou consulta de um profissional de saúde qualificado.
Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo incluir o eletro-escaneamento, microscopia e a bio-ressonância, para termos certeza das melhores opções terapêuticas.
E também sem nos esquecermos dos fatores predisponentes, ou desencadeantes que levaram a este quadro clínico, o que pode requerer o acompanhamento de especialistas.
Assim como em qualquer doença crônica vale a pena lembrar a importância de cuidarmos do Sono, da Alimentação, da Atividade Física, dos Fatores pH, do Eixo e mesmo da Sexualidade.

 

 

Agende uma consulta!

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 3889-0273/5549-7651 ou se preferir, mande um e-mail para clement.hajian@gmail.com

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”neuroplasticidade”/neuroplasticidade

Referências:
http://orthomolecular.org/library/jom/2006/pdf/2006-v21n04-p205.pdf
http://edition.cnn.com/2012/07/04/health/mental-health/awaken-brain-manage/index.html
http://www.nature.com/npp/journal/v33/n1/fig_tab/1301564f5.html
http://www.isfmentalhealth.org/orthomolecular-mental-health-websites Stanley PC, Wakwe VC: Toxic trace metals in the mentally ill patients. Niger Postgrad Med J. 2002 Dec; 9(4): 199-204.
http://orthomolecular.org/nutrients/proteins.shtml
http://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2002/02/02/disorders.aspxhref=”
http://orthomolecular.org/nutrients/vitamins.shtml

 

 

 

Sem Comentários

Deixe um Comentário