Vertigem e tontura

16 jan Vertigem e tontura

Vertigem é geralmente associada a um problema nos mecanismos de equilíbrio do ouvido interno, atualmente denominada orelha interna  (sistema vestibular). Ele também pode ser causada por problemas com o nervo que conecta o ouvido interno ao cérebro, ou pode haver problemas no cérebro, que causam vertigem. 

 <imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

Vertigem : Quando o problema é, na orelha interna, é chamado vertigem periférica. Vertigem periférica é frequentemente associada com perda de audição ou zumbidos.
Vertigem posicional benigna é o tipo mais comum de vertigem periférica. É uma condição em que uma pessoa desenvolve uma súbita sensação de tontura, normalmente ao mover a cabeça.
Vertigem : A orelha interna tem túbulos cheios de líquido, chamados canais semicirculares. Os canais são extremamente sensíveis ao movimento do fluido, o que acontece à medida que se muda de posição. O movimento fluido permite que o cérebro interprete a posição do corpo e, assim, mantenha o equilíbrio.

 
<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

Vertigem postural benigna ocorre quando um pequeno pedaço de osso se solta e flutua no interior dos túbulos do ouvido interno. Este envia as mensagens confusas ao cérebro sobre a posição do corpo. A condição pode, em parte, ser familiar. Mas, mesmo um ligeiro solavanco na cabeça, ou uma infecção no ouvido interno chamada de labirintite podem tornar algumas pessoas mais susceptíveis de desenvolverem vertigem.
Algumas doenças vestibulares estão abaixo relacionadas:
Doença de Ménière: vertigem grave, zumbido nos ouvidos e perda progressiva da audição.
-Neurite vestibular (inflamação das células do nervo vestibular: pode ser causada por infecções virais)
-Ototoxicidade – Alguns medicamentos e produtos químicos ambientais (por exemplo, chumbo, mercúrio, estanho) podem causar ototoxicidade. (Isto é, o envenenamento do ouvido), o que pode resultar em danos para o ouvido interno, ou para o 8º nervo craniano (nervo auditivo) e vertigem.

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

Tendo uma densidade mineral óssea abaixo do normal, osteopenia, ou osteoporose, são mais comuns nos homens e mulheres que também têm vertigem postural benigna.
Dr. Ji Soo Kim, da Universidade Nacional de Seul Faculdade de Medicina na Coréia, disse: “Estes achados sugerem um problema com o metabolismo do cálcio em pessoas com vertigem. As mulheres na maioria das vezes têm o seu primeiro caso de vertigem aos seus 50 anos, quando eles também estão tendo uma queda na massa óssea devido à perda de estrogênio. Estrogênio é um dos principais hormônios que influenciam no metabolismo ósseo e do cálcio.”

Vertigem e Seus Sintomas :

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

-Ter sensação das coisas estarem girando, é muitas vezes desencadeada por movimento da cabeça
-Normalmente começa de repente e duram apenas alguns minutos
-Queixas de visão, tais como a percepção de que as coisas estão pulando ou em movimento
-Muitas vezes, a pessoa não pode rolar na cama ou inclina a cabeça para olhar para algo
-Vômitos (em casos graves) e desidratação.

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

Para diagnosticar a vertigem posicional benigna, o prestador de cuidados de saúde, muitas vezes, realiza um teste chamado manobra de Dix-Hallpike. O médico mantém a cabeça em uma determinada posição e lhe pede para mentir para trás rapidamente sobre uma mesa. Como você faz isso, o médico vai olhar para os movimentos anormais dos olhos e perguntar se você sentir uma sensação de tontura. Um exame físico é de outra maneira normal. Um minucioso exame neurológico e história médica completa eve ser feito para descartar outras razões para os seus sintomas.

 

Técnicas complementares para tontura:

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

Tonturas podem variar desde uma tonturas muito leve (por vezes em mudar postura), a vertigem muito grave com perda de equilíbrio quando tudo em volta parece estar a rodar. O termo “tontura” na medicina chinesa também inclui a sensação muito comum de “imprecisão” e uma sensação de peso, como se a cabeça estivesse cheia de algodão com a incapacidade de pensar corretamente e se concentrar.
Por outro lado, pela homeopatia, temos várias substâncias indicadas em suas respectivas potências de acordo com cada caso, como por exemplo: Osciloccocinum, Nux Vomica, Chelidonium, Argentum, entre outros. Assim sendo, de acordo com a clínica, exames laboratoriais e complementado pela bio-ressonância podemos ter certeza das melhores associações.

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

A tontura também pode aparecer depois de muitos anos de excesso de trabalho e/ou atividade sexual excessiva. Aos poucos, o corpo torna-se esgotado de energia e a tonturas ocorre.
Além disso, a dieta tem um papel importante. Se o sistema digestivo (Baço na medicina chinesa) é enfraquecida por qualquer motivo e que o paciente tem uma dieta rica em alimentos que é difícil para o organismo a digerir, em seguida, o sistema digestivo torna-se entupido. Isto resulta na produção de “umidade” ou “Fleuma”, que pode eventualmente ser visto na língua como um revestimento amarelo espesso.

 

Terapia com Suplementos:

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

Indicados a partir de dados obtidos pela clínica, exames complementares e corroborados pela bio-ressonância. Aqui apenas alguns exemplos:
-Vit. B12
-DMSO, MSM
-Iodo,
-vitamina B6,
-Vit, H
-Ômega 3

 

Demais Tratamentos (Técnicas Complementares):

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

Existem inúmeros relatos clínicos e dados científicos de melhora da evolução de quadros de Tontura través da associação da homeopatia e acupuntura, devendo ser usadas somente sob a supervisão, e/ou consulta de um profissional de saúde qualificado.
Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo incluir o eletro-escaneamento, microscopia e a bio-ressonância, para termos certeza das melhores opções terapêuticas.
E também sem nos esquecermos dos fatores predisponentes, ou desencadeantes que levaram a este quadro clínico, o que pode requerer o acompanhamento de especialistas.
Assim como em qualquer doença crônica vale a pena lembrar a importância de cuidarmos do Sono, da Alimentação, da Atividade Física, dos Fatores pH, do Eixo e mesmo da Sexualidade.

 

Agende uma consulta!

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 3889-0273/5549-7651 ou se preferir, mande um e-mail para clement.hajian@gmail.com

 

<imgsrc=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”vertigem”/vertigem

Referências:
http://igreennutrition.com/health-issues/vertigo The Practice of Chinese Medicine, “The Treatment of Diseases with Acupuncture and Chinese Herbs” – Maciocia, Giovanni.
Acupuncture Patterns and Practice – Xuemei, Li and Jingyi, Zhao.
Neurology July 13, 2004;63(1):150-2
http://www.orthomolecular.com/?ctr=supplement&act=show&id=17
http://orthomolecular.org/nutrients/vitamins.shtml

 

 

 

Sem Comentários

Deixe um Comentário