BDORT ajuda a descobrir o que pode estar causando problemas de saúde, bem como as melhores opções de tratamento.

17 nov BDORT ajuda a descobrir o que pode estar causando problemas de saúde, bem como as melhores opções de tratamento.

BDORT ajuda a descobrir o que pode estar causando problemas de saúde, bem como as melhores

opções de tratamento. 

O teste de resposta autonômica (TRA) é um exame avançado utilizando o biofeedback físico, através das alterações no tônus muscular como principal indicador. 

Ele foi desenvolvido por Dietrich Klinghardt, MD, PhD. 

Teste de resposta

autonômica – quatro passos básicos 

Etapa 1: 

O teste ART indica se o corpo está estressado por modalidades diferentes, como: 

Eletromagneticamente (ação de campos EM, de diversas origens)
Psicologicamente (APN)
Estruturalmente (apertando, ou afastando uma área, órgão ou glândula, salientando um conjunto etc)
Bioquimicamente (dando um

medicamento por via oral, intravenosamente, ou através de qualquer outra via)
Etapa 2: 

Em seguida, o médico avalia no

organismo a resposta ao stressor por um dos vários meios: 

Cinesiologia Aplicada (vários músculos, onde o BDORT é a forma

mais usual)
EAV (electro acupuntura segundo Voll Dr.)
HRV (variabilidade da freqüência cardíaca)
EVA (Nogier pulso)

Etapa 3: 

Em seguida, o médico interpreta a resposta ao estresse 

Passo 4: 

Modalidades terapêuticas são testados.  

O mais

adequado para a avaliação quantitativa é o bi-digital teste de O-ring de Y. Omura, MD (BDORT). Se um agente ou método é determinado para ser útil, isso não significa que o paciente não pode ter efeitos secundários adversos para este

agente ou método.  

A Natureza fásica das Doenças 

Quando qualquer doença começa, a pessoa está em fase I: um estado de estimulação simpática inicial – o sistema imunitário combate e atende à causa produtora das doenças (microorganismos, metais tóxicos,

etc.) 

Na doença crônica, o sistema é incapaz de ter sucesso e se torna presa na fase I – a regulação torna-se bloqueada. Neste

estado as mãos e os pés estão frios, há uma tensão, dor, constipação, pele seca e muitos outros sinais de aumento do tônus simpático. 

Só depois de uma intervenção terapêutica e a resolução da doença o sistema pode voltar para a fase II. 

O

importante é entendermos que uma vez detectada(s) a(s) substância(s) correta(s), sua ação ocorrerá ao longo de um mês e meio a um mês, obedecendo as leis de cura da homeopatia, estabelecidos por Hering: 

style=”font-size: small;”>Dos órgãos mais nobres aos menos nobres
De cima para baixo
De dentro para fora
Na ordem inversa de aparecimento dos sintomas, isto é pode

haver um ressurgimento parcial, leve e passageiro de sintomas
Portanto, a proposta de tratamento muda radicalmente a cada um mês em média.

 

Anatomia e Fisiologia 

Oitenta por cento do peso do SNS está nas fibras da pele. Estas fibras não são

apenas responsáveis pela regulação da temperatura e regulação do tônus da pele, mas também constituem um sistema energético sensor que percebe os eventos eletromagnéticos e em constante mudança de campo na área

circundante. 

É um sistema de alerta precoce para assegurar e otimizar a segurança física e sobrevivência. É este sistema

que detecta a mão do médico ou o medicamento colocado no intensificador de sinal. 

O sinal viaja daqui para a: fibras

simpáticas, ou parassimpáticas ou gânglios nos vasos sanguíneos da pelve mão, ou cérebro ou gânglios na parede do intestino e outros órgãos internos – medula espinhal – gânglios vagais, ou simpáticos- tronco cerebral – sistema límbico –

daqui a excitação de núcleos simpático e parassimpático no hipotálamo e do tronco cerebral – finalmente para os fusos musculares (responsável por fenômenos de testes musculares). 

Física 

O BDORT pode ser usado para criar soluções de

muitas maneiras diferentes: 

a partir de tecidos do próprio cliente
de excreções do corpo do cliente
a partir dos eventos

energéticos durante um tratamento
de medicamentos

Lista de situações que atrapalham o bem estar e a resposta autonômica:

  • Jóias
  • Dormir em uma cama geopaticamenteperturbada
  • Cicatrizes
  • Fivelas decinto
  • Próteses e metais bio-incompatíveis como dentaduras e restauradores dentários (amálgamas)
  • style=”font-size: small; font-family: verdana, geneva; color: #800080;”>Má oclusão
  • Alimentos não compatíveis, alergênicosetc
  • Vestuários (materiais, corantes, propriedades eletromagnéticas, toxinas)
  • Etiquetas dentro das roupas (especialmente na área do pescoço)
  • Sabão de lavanderias,resíduos
  • Cosméticos
  • Óculos elentes de contato
  • Efeitos negativos entre medicamentos
  • Atitudes negativas sobre este medicamento em particular ou sobre a cura desta condição

Este medicamento é

exibido na área imediatamente (caso tenha sido tomado em um período de tempo razoável), assim como o agente agressor.

Omura encontrou uma maneira

de não só para permitir que a medicação entre na área sintomática, mas também para concentrá-la localmente. Ele desenvolveu uma técnica de mão com acupressão para fazer isso.

O teste é simples: Calcular a concentração da substância diluída (por exemplo um antibiótico ou um agente quimioterápico) que ressoa sobre áreas do corpo em geral, tais como o abdómen ou na coxa. Em

seguida, utilizar o mesmo frasco sobre a área sintomática.

Muitas vezes, não haverá nenhuma ressonância, o que indica que a substância não está

sendo tomada em concentração considerável nesta área

O exame de ressonância direta (DR) é usado principalmente

para:

  1. Toxinas intracelulares (metais, substâncias cancerígenas, etc)
  2. Intra e extracelulares bactérias, bolores e leveduras, parasitas (Chlamydia, Borrelia, gonorréia, aspergillus, giárdia, etc)
  3. Todos os vírus. Usamos a EPA MIC / DHA como um teste de vírus em geral, antes de fazer um diagnóstico específico (óleos estabilizar as membranas de células-e inibir a replicação viral). Nóssempre testar os seis tipos comuns de herpes:
  • Herpes simplex tipo 1,2 e 6
  • Zoster
  • EBV (mononucleose), CMV
  • E também coxsackie, influenza e rotavírus ETC
  1. Fator de risco decâncer (todos da MIC):
  • Integrina alfa 5, beta 1
  • Os níveis de acetilcolina
  • Oncogene c-fos AB2 ETC
  1. style=”font-size: small; font-family: verdana, geneva; color: #800080;”>5. Níveis de neurotransmissores
  • Acetilcolina
  • Dopamina
  • Serotonina
  • Norepinefrina, etc
  1. Os níveis de ácido amino (especialmente no cérebro)
  2. Borrelia burgdorferi e co-infecções: (slides)
  • Borrelia burgdorferi
  • Ehrlichiaequi
  • Bartonella henselae (doença da arranhadura do gato)
  • Babesia microti (piroplasmose)
  • Rickettsia rikettsii
  • Chlamydia pneumoniae
  • Mycoplasma pneumoniae
  • Nanobacter sanguis, etc

Tratamento: 

“O exame de ressonância direta revelar-se-á pela resposta muscular, em sendo a medicação eficaz não haverá a fraqueza”

Existem muitas outras aplicações do teste de resposta autonômica, tanto para diagnose, quanto para acompanhamento terapêutico.

O importante é entendermos que uma vez detectada(s) a(s) substância(s) correta(s),  sua ação ocorrerá ao longo de um mês e meio a um mês, obedecendo as leis de cura da homeopatia, estabelecidos

por Hering:

  • Dos órgãos mais nobres aos menos nobres
  • style=”font-size: small;”>De cima para baixo
  • De dentro para fora
  • Na ordem inversa de aparecimento dos sintomas, isto épode haver um ressurgimento parcial, leve e passageiro de sintomas. 

Portanto, a proposta de

tratamento muda radicalmente a cada um mês em média.

Referências:

http://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2010/01/09/The-Absolute-Best-Muscle-Testing-System-I-Know-of.aspx