Cálcio bom ou ruim e suas consequências na saúde

18 jan Cálcio bom ou ruim e suas consequências na saúde

Cálcio bom e ou ruim,  nunca foi diferenciado
 ao longo de anos, pois seria tudo igual. 
Na realidade o cálcio bom é bem estruturado,
ao contrário, o ruim é amorfo.
Frequentemente recomendando-se que
 as mulheres pré e pós-menopáusicas tomem
 suplementos de cálcio para prevenir a 
perda óssea, ou osteopenia e mesmo a
 osteoporose. 
Contudo, pesquisas mais recentes mostraram 
que a teoria da suplementação de cálcio para 
melhorar a saúde óssea é um tanto falha.

O cálcio é basicamente um mineral ósseo e fundamental ao funcionamento muscular. No entanto, o consumo de cálcio, como suplementos ou mesmo presente em alimentos lácteos comuns não ajuda a formar ossos saudáveis.

Países com maior consumo de cálcio na dieta, como por exemplo: EUA, Canadá e países escandinavos entre outros, têm as maiores taxas de osteoporose e acidentes cardiovasculares.

Cálcio bom ou ruim e risco de ataque cardíaco!

<img alt=”http://https://www.criesaude.com/imagem.jpg”alt=”Suplementos/sup primeiramente MEDICINA INTEGRATIVA onde MEDICINA COMPLEMENTAR e MEDICINA HOLÍSTICA entre outros. Deveria SUPLEMENTAÇÃO AO TRATAMENTO, isto é neurologista com muito especialista e neurologista secundariamente então Como Especialista Em ORTOMOLECULAR e BIOMOLECULAR cálcio e artérias e ossos vitaminas D3 e K2"

A falta de Vitaminas D3 e ou K2 traz consequências tanto à circulação, quanto à estrutura óssea.

Uma recente meta-análise publicada no British Medical Journal mostrou que a suplementação de cálcio realmente aumentou o risco de ataques cardíacos. Este estudo e outros analisaram indivíduos que tomaram suplementos de Ca+2 comum, ou amorfo e sem outros nutrientes importantes que desempenham um papel no metabolismo e função do cálcio.

Muitas formas de suplementação de cálcio, como citrato , carbonato, ou mesmo quelato, não são bem metabolizadas no corpo. Geralmente, essas formas de cálcio não são bem toleradas e formam pequenas estruturas, ou condensados que se depositam nos tecidos moles do corpo.

Consequentemente, as bactérias usam esses pequenos escudos de cálcio para finalmente formar cascas duras de fosfato de Ca+2 como proteção contra o sistema imunológico do corpo.
Isso é semelhante a um caracol usando uma concha como armadura contra predadores. Esse encapsulamento, por sua vez, fornece um esconderijo para bactérias patogênicas, vírus e parasitas.

Finalmente, isso promove um processo inflamatório contínuo na área ao redor da casca de cálcio, criando por exemplo, a formação de placas, ou promovendo trombos.

Cálcio bom ou ruim e vitaminas D3 ou K2

<img alt=”http://https://www.criesaude.com/imagem.jpg”alt=”Suplementos/sup primeiramente MEDICINA INTEGRATIVA onde MEDICINA COMPLEMENTAR e MEDICINA HOLÍSTICA entre outros. Deveria SUPLEMENTAÇÃO AO TRATAMENTO, isto é neurologista com muito especialista e neurologista secundariamente então Como Especialista Em ORTOMOLECULAR e BIOMOLECULAR cálcio e consequencias Vitaminas D3, K2 e absorção de Ca++

Vitaminas D3 aumenta a absorção de Ca++, enquanto que a K2 leva a ativação da osteocalcina, aumentando a osseointegração.

Por outro lado, as vitaminas D3 e K2 são essenciais para a absorção correta do cálcio no osso. Esses nutrientes estimulam a atividade da proteína osteoblástica osteocalcina (5). A osteocalcina, por sua vez, atua para absorver fortemente e colocar seletivamente o cálcio da corrente sanguínea na matriz óssea. Isso age como um vácuo, criando uma atração muito forte que suga o excesso de depósitos de cálcio para fora da corrente sanguínea e consequentemente das placas mineralizadas.

A osteocalcina, por sua vez só se torna ativa quando houver níveis adequados de vitaminas K2 e D3.
Principalmente, as vitaminas K2 e D3 também atuam para inibir os osteoclastos, que por sua vez agem para enfraquecer e quebrar ossos.
E como a maioria dos indivíduos é deficiente em D3 e K2. Isso cria um ambiente de metabolismo deficiente do cálcio que leva ao enfraquecimento dos ossos e à deposição de Ca+2 nos tecidos moles (7), a depender do Terreno Biológico.

Cálcio bom ou ruim e Minerais essenciais para construção óssea

Os ossos também precisam de uma boa mistura de minerais essenciais e ácidos graxos para uma função óssea saudável. Isso inclui magnésio e sílica derivados de plantas, bem como certas formas de gorduras saturadas e ácidos graxos do ômega-3 de cadeia longa, como por exemplo EPA e DHA.

As melhores formas de sílica, por sua vez, vêm de pepinos, ou aipo, bem como pimentão, e também cavalinha, capim santo, farelos e alfafa.

Cálcio e Magnésio

O magnésio, por sua vez, vem de muitas fontes diversificadas, como nozes, sementes, legumes e vegetais verdes escuros e orgânicos. Por exemplo, boas fontes de magnésio incluem o cacau cru orgânico, bem como chocolate amargo, principalmente de qualidade.
É também um mineral fundamental, pois atua complementando a ação do cálcio nos músculos e principalmente coordenando a mineralização óssea.

Outros nutrientes-chave para a construção óssea:

Outras fontes poderosas de minerais essenciais são encontrados nos sais como: o sal marinho integral e sal rosa, ou do Himalaia. Esses sais fornecem proporções minerais fundamentais para metabolização e de uso ideais ao corpo. Vegetais do mar e algas marinhas como clorela e espirulina, também são fornecem nutrientes grandemente usais para a construção óssea.

Contudo, boas formas de cálcio e nutrientes para a construção óssea também vêm de vegetais verdes folhosos e produtos lácteos crus fermentados de vacas e cabras alimentadas com gramas naturais e sem agrotóxicos.
Por outro lado, formas pasteurizadas de leite e animais alimentados com grãos comuns fornecem ácidos graxos inflamatórios e outros metabólitos que promovem a deposição do cálcio em veias e artérias, bem como nos rins, entre outros.

Cálcio bom ou ruim e alimentos

Mas, queijo cru e bebidas fermentadas, como iogurte de animais alimentados com capim e kefir de animais 100% alimentados com capim orgânico, fornecem proporções boas de vitaminas D3, K2.
Bem como minerais como Ca+2, magnésio, zinco e principalmente ácidos graxos essenciais e ômega-3.

Cálcio e pessoas sensíveis
Outras fontes recomendadas, a depender da sensibilidade de cada um podem ser o caldo de carcaça de peixe, fervido com limão e abacaxi, por uma hora, ou ainda o consumo regular de vegetais verdes escuros, como couve e brócolis, mas sempre orgânicos.

– Cálcio e dentição:

<img alt=”http://https://www.criesaude.com/imagem.jpg”alt=”Suplementos/sup primeiramente MEDICINA INTEGRATIVA onde MEDICINA COMPLEMENTAR e MEDICINA HOLÍSTICA entre outros. Deveria SUPLEMENTAÇÃO AO TRATAMENTO, isto é neurologista com muito especialista e neurologista secundariamente então Como Especialista Em ORTOMOLECULAR e BIOMOLECULAR cálcio e dentes

PT”>Referências: – .

https://www.nutritionaldoublethink.com/vitamin-k.html

https://www.researchgate.net/figure/The-Mechanism-of-Action-of-Vitamin-D_fig1_323622935

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2452302X20300681


Acessados em 17-01-2022 às 20:00hs
[/caption]

 

#CrieSaude