Overdose e intoxicações

03 nov Overdose e intoxicações

 Overdose : A toxicodependência crônica produz nas vítimas escorbuto subclínico grave, juntamente com disfunções por deficiências de multivitamínicas, proteínas e minerais.

\ <img src=”http://https://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”Overdose”/>Overdose

 A metadona amplamente utilizada em Programa de “tratar” estas pessoas doentes simplesmente substitui um narcótico ilícito pelo narcótico legal, o que só continua gerando tensões bioquímicas graves e contribuindo para a sua dependência.

 
 
- Overdose : Condições médicas que afetam o cérebro 1. - Alergias a comida Consumir alimentos que criar uma resposta alérgica no corpo pode alterar a química do cérebro, inflamação muitas vezes causando hipoglicemia - Quando consumimos muito açúcar, o corpo libera uma grande quantidade de insulina e rapidamente remove o açúcar do nosso sangue, criando uma situação de baixa de açúcar no sangue, alta adrenalina e induz mais a ansiedade pelo açúcar, criando um ciclo viciante. 2. - Condições das supra-renais: - Quantidades excessivas de estresse (ou estimulantes) causar a liberação de adrenalina no corpo e, se mantido ao longo do tempo, o corpo se acostuma com este nível de excitação - Acostumado, o corpo requer agora um choque maior de adrenalina, o que pode levar a comportamentos viciantes enquanto ocorre satisfação 3. - Condições da tireóide e Desequilíbrios hormonais 4.- Sexo 5.- Traumatismo crâniano 6.- Toxicidades

Overdose : Condições médicas que afetam o cérebro 1. – Alergias a comida Consumir alimentos que criar uma resposta alérgica no corpo pode alterar a química do cérebro, inflamação muitas vezes causando hipoglicemia – Quando consumimos muito açúcar, o corpo libera uma grande quantidade de insulina e rapidamente remove o açúcar do nosso sangue, criando uma situação de baixa de açúcar no sangue, alta adrenalina e induz mais a ansiedade pelo açúcar, criando um ciclo viciante. 2. – Condições das supra-renais: – Quantidades excessivas de estresse (ou estimulantes) causar a liberação de adrenalina no corpo e, se mantido ao longo do tempo, o corpo se acostuma com este nível de excitação – Acostumado, o corpo requer agora um choque maior de adrenalina, o que pode levar a comportamentos viciantes enquanto ocorre satisfação 3. – Condições da tireóide e Desequilíbrios hormonais 4.- Sexo 5.- Traumatismo crâniano 6.- Toxicidades

Overdose e Terapia com Suplementos: indicados a partir de dados obtidos pela clínica, exames complementares e corroborados pela bioressonância. Aqui apenas alguns exemplos:

<img src=”http://https://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”Overdose”/>Overdose

Lembrando que dizer aos viciados apenas que eles precisam exercer a força de vontade pode não ser apenas prejudicial, mas pode incentivar as pessoas a ignorar as causas bioquímicas da sua dependência na esperança de que ele acabará por ir embora. : – Melhorar o humor, com: – Aminoácidos (precursores para neurotransmissores): tirosina, fenilalanina – Vitamina B6 – 5HTP- (triptofano) – Multivitaminas 2. – Combater Vício: – NAC (N-acetil-colina) – Omega 3 – Vitamina C – Vitamina B- Complexo (particularmente B12) – intensificadores de acetilcolina – potente multivitamínico 3. – Apoio adrenal: – Aminoácidos – Complexo B (especialmente B5) – Magnésio – Adaptogênicos – Potente multivitamínico 4- Nutrientes calmantes: – GABA – teanina – taurina – glutamina – Ervas calmantes 5- Multivitamínicos indicáveis: – Vitamina A…………………………….10.000 UI – Vitamina D…………………………………400 IU – Vitamina E…………………………………400 IU – Vitamina B1………………………………..50 mg – Vitamina B2 ……………………………….50 mg – Vitamina B6 ………………………………100 mg – Ca Pantotenato………………………….200 mg – Vitamina B12…………………………………10mcg – Ácido Fólico ……………………………….0,1 mg – LDN (Low Dose Naltrexone) – Cálcio……………………………………..900 mg – Fósforo ……………………………………700 mg – Ferro ……………………………………….20 mg – Magnésio ………………………………….500 mg – Zinco………………………………………..50 mg – Cobre…………………………………………1 mg – Potássio……………………………………..90 mg – Ascorbato de sódio estéril injetável é fornecido em frascos de 30 ou 50 ml contendo uma solução de 25%.

 

 
 <img src=”http://https://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”Overdose”/>Overdose

Demais Tratamentos (Acupuntura e Homeopatia) Existem inúmeros relatos clínicos e dados científicos de melhora da evolução da Overdose e Intoxicações través da associação da homeopatia e acupuntura, devendo ser usadas somente sob a supervisão, e/ou consulta de um profissional de saúde qualificado. Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo incluir o eletro-escaneamento, microscopia e a bioressonância, para termos certeza das melhores opções terapêuticas. E também sem nos esquecermos dos fatores predisponentes, ou desencadeantes que levaram a este quadro clínico, o que pode requerer o acompanhamento de especialistas. 

 
 

Agende uma consulta!

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 3889-0273/5549-7651 ou se preferir, mande um e-mail para clement.hajian@gmail.com

 
 
 <img src=”http://https://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”Overdose”/>Overdose

Referências Overdose :                                                                                                                –   Orthomolecular Psychiatry, 1977, Volume 6, Number 4, pp. 300-308 – BEJRABLAYA, D. and LAUMJANSOOK, K.: Effect of Various Doses of Ascorbic Acid upon                                                                                                   – Pentobarbital. J. Med. Assoc. Thailand 59: (4): 188-189, 1976. – CAMERON, E. and BAIRD, G.M.: Ascorbic Acid and Dependence on Opiates in Patients with Advanced Disseminated Cancer. J. Internat. Res. Communic. 1: (6): 33, 1973.                                                                                     – CATHCART, R.F. Vitamin C and Viral Disease. Talk presented at the Annual Meeting of the California Orthomolecular Medical Society. February 19, 1976. San Francisco.                                                                          – GHIONE, R. Morphine Spasm and C-Hypervitaminosis. Vitaminologia (Turin) 16:131-136, 1958. – KLENNER, F.R.: Significance of High Daily Intake of Ascorbic Acid in Preventive Medicine. J. Internat. Acad. Prev. Med. 1: 45-69, 1974.                                                                                                  – SACCOMAN, W.J.: Personal Communication. 1976. SCHER, J., RICE, H., SUCK-OO, KIM, DI-CAMELLI, A., O’CONNOR, H.: Massive Vitamin C as an Adjunct in Methadone Maintenance and Detoxification. J. Orthomolecular Psychiatry 5: (3): 191-198, 1976.                                                                                                                              – SNYDER, SH.: Opiate Receptors and Internal Opiates. Scientific American 236: (3): 44-56, March, 1977. – STONE, I.: On the Genetic Etiology of Scurvy. Acta Genet. Med. Gemellol. 15: 345-350, 1966. – STONE, I.: Hypoascorbemia, the Genetic Disease Causing the Human Requirement for – Exogenous Ascorbic Acid. Perspect. Biol. Med. 10: 133-134. 1966a.                                                                                                            – STONE, I. Hypoascorbemia: A Fresh Approach to an Ancient Disease and Some of its Medical Implications. Acta Genet. Med. Gemellol. 16: 52-62, 1967. – STONE, I.: The Healing Factor. “Vitamin C” Against Disease. Grosset and Dunlap Inc., New York, 1972. – STONE, I.: The Natural History of Ascorbic Acid in the Evolution of the Mammals and Primates and Its Significance for Present-Day Man. J. – – – – – – – Orthomolecular Psychiatry 1: (2-3): 82-89, 1972a. – –                                        – STONE, I.: Hypoascorbemia. Our Most Widespread Disease. Bull. Nat. Health Fed. 18: (10): 6-9, 1972b. – STONE, I.: The Genetics of Scurvy and the Cancer Problem.                                                                                               – –  J. Orthomolecular Psychiatry 5: (3): 183-190, 1976.                                                                                                                                – STONE, I.: The CSS Syndrome. A Medical Paradox. Northwest Acad. Prev. Med. 1: (1): 24-28, 1977. – http://www.whale.to/v/kalokerinos2.html – http://www.orthomolecularhealth.com/the-addicted-brain-how-to-break-free – – Acessados em 24-2-2015 às 7:00hs – –