Rinite

26 fev Rinite

Rinite inicialmente é decorrentes de congestão nasal, e graças ao diagnóstico complementar e avaliação energética juntamente com a clínica e outros exames, pode ser tratado pela suplementação

<imgsrc=”http://https://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”rinite”/rinite

Rinite, congestão nasal ou “nariz entupido” manifesta-se por acúmulo de muco. No entanto, o congestionamento ocorre por inflamação dos vasos sanguíneos, decorrente de algum fator irritativo, de acordo com a predisposição individual e ou imunidade

 

<imgsrc=”http://https://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”rinite”/rinite

Rinite: cuidado com o que se administra!!! Apesar de tudo, a congestão nasal pode estar relacionada com uma série de fatores, incluindo:
– Resfriado comum / gripem por bactérias ou vírus e ou
Sinusites bactérias e ou vírus e ou mofo ou fungo e ou
– Alergias e ou
– Pólipos nasais e ou
– Rinite vasomotora, isto é, condição não-alérgica e ou
– Uso excessivo de spray nasal / gotas entre outros

 Rinite e Infecções:

<imgsrc=”http://https://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”rinite”/rinite

A rinite deve ser diferenciada de infecções tipo gripe ou resfriado e ou sinusite, pois o congestionamento normalmente desaparece em cerca de uma semana. Mas, na sinusite crônica, por outro lado, pode durar meses ou mesmo anos, se não tratadas adequadamente. Já a Rinite vaso-motora é uma condição não-alérgica.                                                                                                                                                                                                   

Rinite na sua Patogenesia apresenta várias etapas de sensibilização com vários integrantes do sistema imune para combater a etiologia: a menos que haja a informação correta às células imunes, o processo inflamatório tende a se cronificar.                                                                                              De acordo com a Homeopatia e Acupuntura a pessoa que tem reação na pele, mas também tem reação no nariz e nos olhos, o agente agressor está num nível mais profundo. Por outro lado, se a pessoa tem reação apenas na pele, isto é, sem reação no restante do organismo é porque a defesa da pessoa está mais ativa.

<imgsrc=”http://https://www.criesaude.com/imagem.gif”alt=”rinite”/rinite

Rinite de acordo com o tratamento alopático faz-se uso de anti-histamínicos ou anti-inflamatórios no local ou ainda sistemicamente, porém muitas vezes ocorre a cronificação do processo! Já com o tratamento através do diagnóstico complementar e avaliação energética conseguimos selecionar os suplementos que tratam sem cronificações, ou efeitos colaterais.

Terapia com Suplementos:

Indicados de acordo com a avaliação clinica de cada caso e com confirmação laboratorial e ainda corroborados com o diagnóstico complementar e avaliação energética para sabermos qual a melhor opção em cada caso, aqui apenas alguns exemplos:
– Vitaminas C, A, E, D3
– Lisina – CoQ10 – Luffa operculata
– Velame-do-campo

Tratamentos Complementares:

Entre as homeopatias pode-se indicar oscilococcinum

  • Principalmente, várias opções naturais podem ser úteis, como, por exemplo ainda: acupuntura sem agulhas e ou homeopatias entre outros.

  • Portanto, para obter mais instruções corretas sobre como usar estes e ou outros métodos de tratamento igualmente eficazes, agende sua consulta aqui.

Como e ou onde e ou quando e ou porque, tire suas dúvidas conosco: ZAP 11 95321-1835.

Agendamentos:

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 11- 3889-0273 e ou 95321-1835.

Ou se preferir, mande um e-mail para clemen.hajian@gmail.com

                                                                                             #CRIESAUDE